sábado, 13 de fevereiro de 2010

Eu me rendo ao BBB (intelectualóides q me desculpem)


Olá,

Já disse q não curto muito escrever em blog, e, até agora, pouquíssimas foram as vezes que usei o meu mas, após lêr um blog que fica muito famoso nessa época de Big Brother, De cara pra lua, http://decarapralua.zip.net/ , com o post "O vermelho é bonito quando não lembra sangue", eu decidi vir aqui deixar minha opinião sobre o polêmico Marcelo Dourado.
Abaixo vai o que eu escrevi nos comentários do blog, para quem se interessar pela minha opinião. Vou copiar e colar pra economizar tempo, se estiver com erros de digitação, todo mundo faz isso, me poupem desse tipo de crítica non sense.

A Elenita tocou num ponto muito interessante nessa discussão e q infelizmente, pela falta de vontade d pensar, muitas pessoas sequer consideraram.
Elenita disse: - É tudo uma questão cultural. È claro q ela disse isso querendo comprovar o ponto de vista dela, porém, pensemos de uma forma mais abrangente: Os exemplos citados por Elenita de culturas matriarcais, entre outras, pode vir a nos ajudar a ilustrar o q eu tento expressar.

Nossa cultura e nossas opiniões, e até sentimentos, estam sujeitos ao mundo em que vivemos e a cultura na qual somos inseridos desde o dia em que nascemos, e assim segue nossa formação de personalidade, através das situações às quais somos expostos e temos a oportunidade de vivenciar. Quem, por exemplo, irá condenar a criança que, nascida dentro da cultura do Islamismo, tenha Osama Bin Laden como seu ídolo? .. Ninguém, pois diremos, é a penas uma criança, foi criada dessa forma e não sabe o q faz!!!
Porém podemos os chamar de "demoníacos" quando crescerem, pois a imagem do homem adulto é nossa referência de saber diferenciar o certo do errado!!??!!!

A mesma coisa acontece quando vemos, em nossas próprias ruas, crianças de fuzil na mão, defendendo uma facção e envolvido com tráfico de drogas, diremos: - Policiais desalmados que matam crianças inocentes. (E não estamos errados) Mas nós nos conformaremos, porque é mais fácil dizer que é culpa do governo do que tentar cobrar ativamente e mudar o próprio governo.
Agora a história muda de figura quando nós vemos aquela mesma criança, nascida e criada em uma realidade diferente, já formada na figura adulta de um homem com o mesmo fuzil na mão. Diremos: - Tem q matar mesmo, viciado, traficante, assassino!!! Se morressem todos o povo ficaria em paz!!!... (E como morrem!! Aos montes). Seres humanos como nós!


Enfim, MARCELO DOURADO, eu vejo um ser humano que, até onde eu sei, teve uma criação extremamente machista, até onde eu sei viveu e trabalhou num meio onde todos concordam com a imagem Gay associada à algo errado.
Mesmo com 37 anos, e tendo passado por muitas experiências na vida, nunca teve de conviver com essa diferença específica. Contudo, dessa vez o anti-herói, que a muito foi julgado por suas atitudes, se encontra numa situação inusitada, na qual nunca esteve antes, e como qualquer criança, ou homem (ser humano) ele estranha, não entende, e não concorda com o que não lhe foi esclarecido, e nunca antes teve de conhecer tão de perto.
Se espanta com o desconhecido, acha errado o que nunca lhe foi exposto como certo, tem medo do mundo desconhecido, como todos nós.

Mass.... ao vermos a decepção, q se transformou em rejeição, quando descobriu que o estranho em quem confiou (no caso Dicésar), e disse em rede nacional ter admiração, demonstrou gratidão àquele ser diferente do que conhecia, mas que lhe tratou com humanidade.
No momento em que Dicésar "deu uma chance" à Dourado, percebeu-se claramente que o Lutador machão, reconheceu no diferente seu semelhante, consiguiu vêr o ser humano além do estereótipo, e nele agarrou sua chance de ser aceito (a mesma chance q passamos nossas vidas procurando), e com suas palavras disse (e está gravado) que repensou seus conceitos e foi humano pra vêr além, e considerar Dicésar amigo. Desde então Dourado viu sua trajetória mudar, pois começou a ser aceito e se sentir menos rejeitado, atribuindo assim, a Dicésar, um grande mérito, e nele depositando grande confiaça, confiança essa q foi traída no famoso momento:
- Tu voto em mim? - eu votei!!!
Dali pra frente Dourado se arrependeu de confiar, e não foi pela diferença, mais sim pelo sentimento de decepção com o ser humano q ele considerava!!

Desde então vejo MARCELO DOURADO "se queimando", como vc diz, jogando com gana, com uma certa raiva e com uma grande mágoa. Assim como nós, que ao nos decepcionarmos com alguém, passamos a nos afastar de pessoas, que tenham características parecidas com as da pessoa que nos decepcionou.

Acredito que Dicésar e serginho possam ter passado por coisas em suas vidas que os fizeram seguir o caminho inverso e temer o estereótipo de homens como Dourado, nesse caso quem deu chance ao descocenhecido e por ele foi enganado e quem julgou, condenou e enganou???
Seres humanos todos são, frutos de seus destinos, mas acredito em Dourado sim, pq mesmo sendo fruto de uma vida embasada em preconceitos, conseguiu se permitir tentar entender e conviver, e enxergar o ser humano. E isso é algo que pouquíssimas pessoas no mundo conseguem fazer.

Por isso tiro meu chapéu pra Marcelo Dourado, dou a ele essa chance, pois só pela atitude humana que teve, contra tudo que lhe era tido como "verdade", se permitiu tentar ser uma pessoa melhor!!!!!
Alguém mais se permite????!!!

5 comentários:

  1. Patricia, vc arrebentou! Parabéns! Vou linkar seu blog lá no www.estamoscomvocedourado.blogspot.com

    Beijos...

    ResponderExcluir
  2. Patrícia, esse ponto que vc tocou, de apesar do Dourado ser o machão, com criação de machão e talz, mesmo assim tentou compreender os viados (sim, viados mesmo), mas a recíproca das bichas não foi a mesma, é o que está sendo visto pelo povão também. Só alguns da netBBB é que não querem visualizar isso e metem o pau nele indiscriminadamente, além de outros que mudam de opinião como mudam de roupa.
    Parabéns por ver esse ponto!!!

    ResponderExcluir
  3. ótimo texto
    A galera do TDUD tb torce pelo dourado. =)
    Percebi exatamente isso
    o preconceito partiu principalmente dos gays contra o machão, eles q olham o dourado como uma pessoal impossivel de conviver por ser do jeito q é. Mas ele levou um tapa na cara quando sobe q Dicesar, pessoa q ele confiou e julgou ter superado as diferenças, revelou seu voto nele.
    torço pelo DOurado
    essa casa sem ele ficará sem graça..

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo texto!!!!!!!!!!!!
    Enxergo exatamente como vc.....
    Gosto do Dourado.
    Gosto do carater dele.
    Parabéns,

    Gabriella

    ResponderExcluir
  5. GOSTEI TANTO DO TEU TEXTO QUE VOU LINKAR NOVAMENTE!
    ESPERO QUE A GALERA LEIA E REFLITA!!
    aMEI QUERIDA!
    BJUSSS!!!

    ResponderExcluir